Lara Deus

Editora no Minha Vida e Repórter na Agência Mural de Jornalismo das Periferias

Passageiros precisam vencer mais de 80 degraus para pegar o trem em estações da CPTM

Entre a rua e os trens da CPTM, é comum encontrar degraus, muitos degraus. Para entender como eles mexem com a vida dos moradores da Grande São Paulo, a Agência Mural resolveu contá-los. Em média, os usuários enfrentam 25 degraus para conseguir embarcar no trem –somando as escadas de acesso aos bloqueios e as plataformas. Repórteres da Mural pegaram o mapa e foram até todas as estações do sistema onde a escada fixa é a única opção de entrada e saída. De um total de 94 estações, 25 não possuem r

Parto humanizado: o que é e benefício

Parto humanizado é um conceito usado no Brasil para designar um nascimento que ocorre de acordo com os preceitos da humanização do parto. Entre os principais nortes da assistência humanizada ao parto, está o protagonismo da mulher e suas escolhas, considerando o momento não como um evento médico, mas social, emocional, familiar e espiritual. Assim, os profissionais de saúde deverão enxergar o nascimento como um acontecimento natural, sem a necessidade injustificada de interferências. De acord

"Mães de UTI": a vida de quem divide o cuidado do filho com enfermeiros

Dar banho, contar histórias, colocar no berço e dar um beijo de boa noite pode ser normal na rotina de muitas famílias com filhos, mas não todas. Logo que nascem ou quando mais velhos, alguns problemas de saúde podem dar uma casa diferente às crianças por dias, meses e até anos. Cuidando delas, existem mulheres que vivem intensamente a maternidade sem ter seu filho em casa: as "mães de UTI". Lilian Raidac Maregatti já tinha Luigi quando ficou grávida de Giovanni. Durante o nascimento do menor,

"Mães de anjo": a dor de quem não carregou seu filho nos braços

As duas risquinhas no teste de gravidez podem ser apenas uma reação química, mas marcam o começo dos projetos de uma nova vida com um ser morando no seu ventre. Estar esperando um filho muda completamente as expectativas sobre o que o futuro reserva. No entanto, um sangramento repentino ou um ultrassom silencioso podem interromper estes planos. O aborto espontâneo e a morte fetal são perdas de seres que não tiveram chance de passar pelos braços da mãe, mas causam dor e geram luto como em outras

O tempo do parto: histórias de mulheres em busca do parto humanizado

Aos 23 anos, Janaína Normandia esperava pelo nascimento do primeiro filho quando ouviu a frase de um médico em um importante hospital privado, em São Paulo. A fala é uma entre as várias lembranças negativas daquele dia. O que era para ser um momento único, ficou marcado por uma série de traumas. A amiga que a acompanhava não pôde ficar com ela durante o trabalho de parto. “Eu passei das 23h até às 10h do dia seguinte sozinha e em sofrimento”, relembra Janaína. Depois de ter o parto induzido po

Pirituba faz 136 anos com construções antigas que contam história local

Em 1º de fevereiro de 1885, a inauguração da estação da linha férrea de Pirituba marcou o surgimento do bairro da zona noroeste de São Paulo, que completa nesta segunda-feira 136 anos. A região era cobiçado por grandes fábricas que escolhiam Pirituba como sede, justamente por sua proximidade com a estação, que fazia parte da Estrada de Ferro Santos-Jundiaí, permitindo o transporte diretamente ao Porto de Santos. A antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí foi inclusive cenário tema do videoclipe

Indígenas do Jaraguá constroem lagos para pescar na aldeia

Quem passa pela avenida Chica Luiza, zona noroeste de São Paulo, não imagina que a um quilômetro do asfalto moram 26 famílias guaranis na Tekoa Itakupe, uma das seis aldeias da Terra Indígena Jaraguá. Mesmo no meio da cidade, os indígenas vêm tentando manter seu modo de vida tradicional, e, para isso, contam com a natureza. Desde 2018, eles constroem lagos a partir de nascentes para que possam retirar seu sustento dos peixes. “Nós indígenas sempre vivíamos de pesca e caça. A gente não pode mai

Stand-up comedy ganha força com humoristas das periferias

Antes da pandemia do novo coronavírus, Edmar Colin, 26, percorria diariamente 40 quilômetros da cidade de Francisco Morato, na Grande São Paulo, até a Barra Funda, na zona oeste da capital, para trabalhar como atendente de telemarketing. A profissão, comum entre jovens das periferias, foi um dos fatores que o incentivaram a ganhar os palcos fazendo comédia durante as noites e os fins de semana. Após ser barrado em um processo seletivo por homofobia e desacreditado por uma gestora, decidiu faze

Em São Paulo, região que depende de água em poço vive dificuldade para se proteger da Covid-19

Um dos cuidados para combater o novo coronavírus é simples: lavar as mãos. No entanto, conseguir água para isso não tem sido fácil para parte dos moradores do distrito de Marsilac, no extremo sul de São Paulo. Quem mora no Jardim Emburá não tem acesso a saneamento básico, e precisa buscar água em minas ou, em alguns casos, poços caseiros. Em um outono seco, a situação piora: até mesmo nestes locais, abastecidos pelos lençóis freáticos do solo, está faltando água. “Estamos sem água até para lav

Em isolamento, moradores de Pirituba projetam recados positivos a vizinhos

Bastou um projetor e uma caixa de som portátil para que a empresária Simone Rodrigues, 44, trouxesse leveza para os dias de isolamento em um condomínio de Pirituba, zona norte de São Paulo. Desde meados de março, ela vem fazendo projeções no prédio da frente ao que mora, no condomínio Projeto Bandeirantes. Inicialmente, as ações contavam com clipes musicais para romper a falta de contato entre os vizinhos. Desde semana passada, ela passou a recolher mensagens e fotos de moradores do condomínio